Mensagem da Federação Espírita do Rio Grande do Sul – FERGS

A  Federação Espírita do Rio Grande do Sul, O Conselho Regional Espírita da 4. região Federativa e a União Municipal de Santa Maria realizam Momento de Oração pelos envolvidos no Incêndio na Boate Kiss

Na noite de sábado, dia 02 de fevereiro de 2013, uma semana após o incêndio da Boate Kiss, que já conta com 237 vítimas fatais, Santa Maria continua em silêncio, reflexiva, ferida. Esse silêncio é quebrado apenas pela busca do consolo, naquilo que a cidade sabe fazer muito bem Orar e expressar a sua fé.

O Público que acorreu ao Abrigo Espírita Oscar José Pithan para o Momento de Oração, lotou as dependências do Centro Espírita, espalhando-se pelo pátio interno e ouviu atento as preleções que Acolheram, Esclareceram, Consolaram e Orientaram as almas sofridas que ali estavam, demonstrando nas faces contraídas toda a dor que lhes visitava o coração.

A medida que as falas do expositores da noite foram discorrendo sobre a imortalidade da alma, a Paternidade Divina, dentre outros aspectos doutrinários, as lições foram  caindo no solo das almas, qual a chuva que banhou Santa Maria durante as horas que antecederam o evento, e sentia-se que uma brisa de suave intensidade ia recompondo a psicosfera e emprestando ao ambiente um tônus de encorajamento e alívio.

O Grupo Arte e Luz, integrado por jovens de várias idades entoava musicas, entremeadas com mensagens de estímulo que foram dessedentando os Espíritos ávidos pela água viva do Evangelho de Jesus.

Ao final, no estacionamento do Abrigo, centenas de balões brancos foram enviados aos céus de Santa Maria, expressando os sentimentos salutares de fraternidade, paz, amor, perdão e o desejo de que nos elevemos acima das interpretações mundanas, possibilitando que o entendimento dos caminhos da Providência Divina, iluminem as sombras que ainda vagueiam nas almas  tão aflitas.

No mesmo dia, ainda pela tarde, os dirigentes de 19 casas espíritas de Santa Maria estiveram reunidos com a representação da Diretoria Executiva da FERGS, para compartilharem informações, estudarem juntos e unirem forças para o momento de grandes e complexas demandas vivido na cidade, onde esses núcleos de estudo e oração tem acolhido público cada vez maior e seus trabalhadores tem se desdobrado para colocarem à disposição todas as atividades enfeixadas na Área  do Atendimento Espiritual no Centro Espírita.

Com gratidão.

Federação Espírita do Rio Grande do Sul